fbpx

Sou profissional na área de exercício e saúde, com mais de 10 anos de experiência no serviço de treino personalizado, mas só no início deste ano comecei a trabalhar com a eletroestimulação, ao ingressar na equipa Personal20 Odivelas.

Tem sido uma experiência enriquecedora, desafiando-me a sair da minha zona de conforto e a aprender mais sobre o método Personal20 (eletroestimulação) e sua aplicação no serviço de treino personalizado, como uma ferramenta potenciadora na obtenção de melhores resultados.

Atualmente, já alcancei o nível Premium de certificação na rede Personal20, tendo completado com sucesso as 5 fases principais do nosso processo de certificação, e já sinto algum à vontade para falar mais sobre esta nova tecnologia.

A eletroestimulação surgiu inicialmente como um recurso terapêutico utilizado por fisioterapeutas e outros profissionais da saúde, no tratamento de patologias físicas, no relaxamento muscular e na indução do sono terapêutico. Embora o seu desenvolvimento se tenha aperfeiçoado mais nas últimas décadas, o uso da corrente elétrica teve inicio na Antiguidade 2.750 (a.C.).

Com o atual desenvolvimento tecnológico, o uso da eletroestimulação expande-se a outras áreas da saúde como a do exercício físico, contribuindo para o aumento da performance atlética, melhorando os níveis de força, potência e hipertrofia muscular.

Durante a atividade física, vários segmentos corporais são mobilizados produzindo movimento que origina o encurtamento e o relaxamento das diversas fibras musculares. Com o aumento da intensidade e da fadiga são solicitadas cada vez mais unidades motoras, transmitindo mais potenciais de ação, que por sua vez irão recrutar um maior número de fibras musculares.

A mobilização ativa assistida eletricamente (eletroestimulação), atua como um agente facilitador à contração muscular e ao próprio movimento, aumentando o recrutamento do número de fibras musculares e, consequentemente, melhorando a performance.

O seu uso também é recomendado em casos de patologias osteoarticulares, diminuindo as forças de aceleração e o atrito intra-articulares, frequentemente aumentados pela sobrecarga do uso de outros equipamentos desportivos, promovendo um maior conforto nas articulações.

Em resumo, o treino com eletroestimulação tem inúmeros benefícios, quando aplicado corretamente, e pode ser uma ótima solução para quem tem pouco tempo e até não é fã de exercício físico, para quem tem pouco tempo e quer resultados rápidos e eficazes e para quem já tem o hábito de exercício físico e deseja um desafio diferente para completar os seus treinos semanais.

Os feedbacks positivos dos nossos alunos são muitos e o fator tempo (pouca duração) e a intensidade do treino (em apenas 20 minutos) são os mais comuns e frequentes.

Seja qual for a sua situação (e o seu objetivo) não há nada como experimentar!

Sérgio Santos – Personal Trainer

917 027 480

R. Antero de Quental 60

2675-690 Odivelas

Personal 20 Odivelas - R. Antero de Quental 60, 2675-690 Odivelas

Pin It on Pinterest

Share This