Para comemorar o Dia Mundial do Pensamento estou aqui a pensar em escrever algo…

Enquanto penso no que quero escrever surgem-me múltiplos pensamentos, uns mais conscientes, direcionados para o objetivo de escrever este artigo, e outros mais inconscientes, que aparecem e tendem a desviar a minha atenção, nomeadamente, sobre esta noite, o dia de ontem e o de hoje.

De facto, se não nos forçarmos a parar, somos absorvidos por uma imensidão, constante, de pensamentos, que não nos levam a lado nenhum em concreto, mas que nos tiram energia; que embora dinâmicos nos causam muitas vezes estagnação; que nos fazem continuar a acreditar em “leis e regras” que assumimos como verdades; que nos criam emoções menos positivas, como o medo, a ansiedade, a frustração, a mágoa ou a raiva, entre outras.

São esses mesmos pensamentos que decidem por nós o significado de cada acontecimento, que nos fazem julgar os outros tão facilmente, e que nos fazem considerar senhores da razão dizendo o que está certo e errado.

Mas esses pensamentos não somos nós. Eles fazem, na grande maioria dos casos, parte da nossa “identidade paralela”, o EGO.

Ah, se eu pudesse controlar os meus pensamentos…
– De certeza que meditaria todos os dias;
– Acordaria todas as manhãs motivado para abraçar tudo o que cada dia tivesse para oferecer;
– Retiraria apenas as coisas boas de cada situação;
– Absorveria a melhor aprendizagem de todos os meus erros;
– Seria a pessoa mais saudável;
– Sentiria sucesso e orgulho constantemente;
– Seria um pai, filho, irmão, marido, amigo e colega exemplar;
– Seria uma pessoa sempre correta;
– Seria um ser um humano “superior”…
Na verdade, provavelmente não seria um Ser Humano.

Mas, acredito verdadeiramente que a “qualidade da nossa vida é ditada pela qualidade dos nossos pensamentos”. E, por isso, diariamente, invisto uns minutos a pensar no que posso melhorar, naquilo em que não me sinto satisfeito, a tentar contar “a melhor história da minha história”.

Tenho, para mim, que o pior pensamento que posso ter começa com “e se…”.
Quer uma sugestão?

Pare de pensar…para poder pensar!

Pedro Figueiredo – PT & Coach

917 027 480

R. Antero de Quental 60

2675-690 Odivelas

Personal 20 Odivelas - R. Antero de Quental 60, 2675-690 Odivelas

Pin It on Pinterest

Share This